fbpx

Tag de arquivos: finanças

Você usa os indicadores financeiros para acompanhar a saúde da sua empresa? Uma gestão financeira eficiente é essencial para o sucesso de qualquer empreendimento. Isso porque, para garantir o bom desempenho econômico da empresa, é fundamental monitorar e analisar os indicadores que são relevantes para o negócio. Além de fornecer informações valiosas sobre a situação financeira da empresa, esses dados permitem que os empreendedores tomem decisões informadas e estratégicas. Neste artigo, você vai conhecer os principais indicadores financeiros que todo empreendedor deve conhecer e compreender para uma gestão financeira eficaz. Boa leitura! O que são e para que servem os indicadores financeiros? Os indicadores financeiros, chamados também de KPIs (Key Performance Indicators são medidas quantitativas que permitem avaliar a situação financeira de uma empresa. Além disso, eles fornecem insights sobre a eficiência, a rentabilidade, a liquidez e a solvência do negócio. Mas, ao contrário do que muitos empreendedores pensam, analisar…

Leia mais

Qual tipo de empresa abrir ao começar a prestar serviços como Pessoa Jurídica (PJ)? Afinal, é melhor ser Microempreendedor Individual (MEI), Microempreendedor (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP)? Bem, escolher o regime tributário pode parecer difícil, sobretudo porque a tributação brasileira é de fato um tanto quanto complexa. Mas, não se preocupe, pois, elaboramos este artigo para te ajudar a esclarecer suas dúvidas sobre o assunto. Portanto, continue conosco e boa leitura! Como funciona a abertura de CNPJ? Em primeiro lugar, para trabalhar como PJ, é necessário ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). O CNPJ é o número de identificação da sua empresa e pode ser obtido conforme explicaremos a seguir: MEI (Microempreendedor Individual) Optando pelo MEI, basta você se cadastrar no Portal do Empreendedor, e seguir um passo a passo bem simples, para ter seu CNPJ. ME (Microempresa) e EPP (Empresa de Pequeno Porte) Caso você…

Leia mais

A restituição tributária é um processo muito interessante para as empresas, sobretudo para aquelas que foram cobradas pelo governo de maneira indevida. Sim, você leu certo! Afinal, o contribuinte pode reaver valores de impostos pagos indevidamente à Receita Federal. Se você não sabia disso, continue a leitura para descobrir como funciona e quais os direitos do seu negócio. Afinal, o que é a restituição tributária? Antes de tudo, a restituição tributária é a recuperação de impostos, taxas e outras contribuições pagas ao governo de forma ilegal ou indevida. Embora a legislação tributária brasileira determine o ressarcimento obrigatório dos valores pagos, a empresa precisa solicitar o reembolso e apresentar os documentos necessários. Segundo o artigo 74 da Lei nº 9.430/1996, desde que a empresa comprove estar em dia com suas obrigações tributárias, ela tem o direito de reaver os créditos pagos indevidamente. Lembrando que qualquer organização pode fazer isso, independente do…

Leia mais

O Simples Nacional é um regime de tributação em que todos os impostos são recolhidos por uma guia única, ou seja, de forma simplificada. Além disso, o modelo possui muitos benefícios, sobretudo para as micro e pequenas empresas, que acabam pagando um valor inferior se comparado a outros sistemas tributários. No entanto, há muitas empresas que estão em dívida com a Receita Federal e correm o risco de serem excluídas do regime. Mesmo que este não seja o seu caso, recomendamos que fique atento para que sua empresa não saia fora do Simples e perca as vantagens que este modelo oferece. Por isso, listamos neste conteúdo, as situações que mais geram notificações de exclusão: Uma empresa optante pelo Simples Nacional pode ser notificada se, no ano-calendário, o valor da compra de mercadorias para fins de comercialização ou industrialização – ressalvadas hipóteses justificadas de aumento de estoque – ultrapassar 80% dos…

Leia mais

A gestão financeira para PMEs é uma tática infalível quando o assunto é a organização das finanças.  Contudo, nem todos os empresários conseguem administrar tudo o que é necessário para conduzir bem o negócio rumo ao crescimento: conquistar e manter clientes, receber pagamentos, ter acesso a capital de giro e investimentos, entre outros pontos importantes. Estima-se que 60% das empresas têm dificuldade para controlar as entradas e saídas de dinheiro. Além disso, metade dos pequenos e médios empreendimentos fecham as portas antes de completarem cinco anos de atividade. Para que sua empresa não faça parte dessa estatística, a saída é aprimorar o gerenciamento financeiro. Por isso, separamos algumas dicas que te ajudarão nessa jornada. Confira! Controle as movimentações financeiras Para garantir um fluxo de caixa saudável, a primeira lição é: acompanhe as entradas e saídas de dinheiro da empresa. Para facilitar, mantenha um relatório detalhado de todas as ocorrências. Quanto…

Leia mais

Black friday 2022 - Homem com megafone e sacola anunciando promoções

A Black Friday 2022 está chegando e é uma das maiores oportunidades do ano para as empresas fecharem mais vendas e aumentarem os lucros. O movimento, que começou nos Estados Unidos, se tornou um dos eventos mais aguardados também pelos consumidores brasileiros. Logo, vale muito a pena se preparar para ganhar ainda mais durante este fim de semana de ofertas. Além de planejar as técnicas de vendas e os descontos, também é fundamental pensar na gestão e na parte fiscal do negócio. Neste artigo, você verá algumas dicas que te ajudarão a conduzir tudo da melhor maneira e é claro, a lucrar muito mais na Black Friday. Confira! 1.     Antes de tudo, planejamento. Primeiramente, para ter sucesso na Black Friday 2022, é preciso planejar. Conforme você já deva saber, essa é uma ação essencial para qualquer negócio. Sendo assim, sugerimos que você comece verificando o estoque. Desse modo, fica mais…

Leia mais

A gestão das finanças é uma estratégia vital para a saúde do seu negócio. Em primeiro lugar, para que ele alcance as metas desenhadas, é preciso planejar todas as atividades desenvolvidas pela empresa. Além disso, há alguns cuidados que você deve tomar para obter resultados que impulsionem o crescimento do seu empreendimento. Neste artigo, falaremos sobre alguns deles. Acompanhe! Como gerir os custos, despesas, lucros, retiradas e carga tributária Conforme você já deve saber, a falta de controle financeiro pode trazer muitos prejuízos para sua empresa. Por isso, é essencial ter disciplina para administrar as contas, certo? Você deve monitorar os custos e despesas bem de perto, afinal, esses fatores impactam diretamente a lucratividade do negócio. Quando os custos e despesas aumentam, mas os resultados permanecem os mesmos, você precisa fazer uma análise e entender quais são os ajustes necessários para impedir que a empresa fique no “vermelho”. Ademais, os…

Leia mais

Você está por dentro das mudanças e novidades na legislação fiscal da sua empresa em 2022? Ainda não? Então tenho uma dica! Seria bom começar a se atentar para isso. Assim, você pode planejar melhor o seu orçamento. Ou seja, prever quais serão os custos, vantagens ou incentivos que sua empresa terá ao longo do ano. Além disso, com a transformação digital, as alterações na legislação tributária ocorrem de forma muito rápida. Com isso, é normal que sua empresa perca boas oportunidades fiscais, pois, não é fácil acompanhar tudo o tempo todo. Mas para facilitar a sua vida, listamos as 5 principais mudanças e tendências fiscais para empresas. Confira! 1 – Responsabilidade solidária dos marketplaces + MDF-e Diante da expansão do e-commerce no Brasil, o Fisco deverá reforçar ainda mais suas ações sobre este setor. Então, podemos esperar mudanças na corresponsabilização dos marketplaces, além de possíveis intermediários financeiros pela inadimplência…

Leia mais

Mei - conta PJ e suas vantagens

A princípio, ser MEI atualmente pode ser muito vantajoso para quem trabalha como autônomo ou deseja abrir um negócio próprio. Isso porque esse é um modelo empresarial descomplicado e livre de burocracias. Não é à toa que mais de 13 milhões de pessoas estão registradas como microempreendedores individuais, de acordo com a Receita Federal.  Contudo, existe uma prática que a maioria dos desses microempreendedores adota de forma equivocada. Acontece que muitos MEIs usam a sua conta bancária de Pessoa Física para gerenciar as finanças do negócio. Talvez você esteja se perguntando: Mas por que não é recomendado fazer isso? Bem, você deve ter em mente que sua empresa ira crescer e, por isso, uma hora ou outra será necessário fazer uma conta corrente para Pessoa Jurídica. Por isso, listamos a seguir, as principais vantagens da conta PJ. Confira! via GIPHY Por que abrir uma conta PJ para MEI? A conta…

Leia mais

Hoje vamos falar sobre as obrigações tributárias principais. Elas são fundamentais para manter a legalidade de um negócio. E a não quitação desses débitos pode gerar muita dor de cabeça para o dono da empresa. Por isso, é essencial falarmos sobre a importância do pagamento, bem como as consequências da inadimplência. Mas como cumprir com as obrigações tributárias? É isso que você vai descobrir ao longo deste artigo. Confira! via GIPHY Afinal, o que são obrigações tributárias principais? Antes de tudo, essas obrigações se referem ao pagamento de tributos, sejam eles contribuições, impostos ou taxas. Segundo a legislação, a obrigação tributária principal surge em decorrência de um fato gerador e se extingue tão logo seja quitada. No entanto, essa extinção só acontece com o pagamento integral do valor devido. Vejamos, por exemplo, todos os impostos abrangidos pelo Simples Nacional e que devem ser pagos pelas empresas optantes por esse regime:…

Leia mais

10/14